Dicas para evoluir seu nível de Criatividade!

Um dos conceitos de criatividade que mais se aplica à realidade empresarial hoje é: Criatividade é a imaginação aplicada na solução de problemas.


A criatividade vem sendo cada vez mais uma ferramenta necessária no mercado de trabalho, e isto se deve ao fato de que, com a evolução tecnológica as máquinas podem realizar ainda mais tarefas, substituindo a mão de obra humana. Entretanto as máquinas não têm a capacidade de serem criativas. As máquinas são programadas para resolver problemas existentes e de uma forma sempre igual, estruturada e linear. Mas os problemas mudam, e com isso, as soluções antigas não resolvem novos problemas. Em nosso Workshop, tratamos a vida como um Jogo. Agora, imaginem querer jogar God of War no Master System? Não vai dar certo.
Traçando esse paralelo com o mundo dos games, vamos falar de 3 pontos importantes para que você consiga ser mais criativo:

1 – Enfrente vários inimigos para se preparar para o chefão.
Imaginem que todos nós nascemos Deuses da Criatividade… Todos nós nascemos o “Kratos da Criatividade”. No caso do personagem de God of War, como o nome do jogo já diz, ele é o Deus da Guerra. Em nosso caso, nascemos criativos, mas, enfrentamos diversos inimigos que diminuem a nossa criatividade. As tradições, a escola, o mercado de trabalho bloqueiam a nossa criatividade e fazem com que a gente vire um adulto chato, que repete padrões.
E pra gente voltar a ser criativo, precisamos treinar… É importante praticar a criatividade, imaginando soluções diferentes para os problemas. Mesmo os problemas que não são seus, ou não poderão ser resolvidos por você. Como em um jogo, é importante enfrentar vários inimigos, desde o mais fraco até o mais forte, antes de enfrentar o chefão. Imagine que os pequenos problemas da vida, são os inimigos de nível 1… Treine a criatividade com eles, depois passe a enfrentar inimigos mais fortes até que esteja preparado para enfrentar o chefão, que pode ser aquele grande problema na empresa ou na sua vida pessoal.

2 – Jogue Black Stories, aprenda a fazer as perguntas certas.
Já ouviu falar em Black Stories? É um jogo no qual um jogador lê uma pequena informação sobre uma história e os outros jogadores devem descobrir o que aconteceu, fazendo apenas perguntas cujas respostas devem ser somente sim ou não. O jogo exige que você pense em perguntas que definam bem o acontecimento… E para conseguir resolver o problema, é preciso saber definir bem o problema. Como disse John Dewey: “um problema bem definido, está meio resolvido”. Não podemos utilizar a imaginação para imaginar o problema, e sim para resolvê-lo, por isto é importante saber fazer a pergunta certa. Qual é o problema real que está sendo enfrentado?


3 – O jogo não acaba quando você falha. Sempre temos o continue.
É importante não ter medo de errar. Aqui se aplica o conceito de Lean Startup: errar rápido para aprender rápido. Não adianta ter a ideia e ter medo de colocá-la em prática. Faça um protótipo, coloque sua ideia à prova e, se não der certo, aprenda com o erro, altere aquilo que for necessário e tente novamente.

A vida é um Jogo! Você é um personagem e precisa evoluir suas habilidades. Enfrente os inimigos, aumente seu nível de criatividade e tenha coragem. Em caso de game over, lembre-se de que a vida é um console moderno, ela sempre faz o salvamento automático pra você continuar de onde parou!

Escrito por Thiago Barrionuevo

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *