, , ,

Como funciona a retenção do aprendizado e como a gamificação ajuda neste processo

A retenção de aprendizado tem se mostrado cada vez mais importante em todos os contextos de educação. Isso porque, generalizando, as pessoas são expostas a muitas informações novas todos os dias, e reter algum conhecimento real frente a todo esse volume se torna difícil.

No ambiente de trabalho, não é mais novidade que a retenção de aprendizado tem um valor substancial.

Mas, o desafio é encontrar formas de fazer com que os times aprendam, retenham o conhecimento e desenvolvam suas habilidades – sabendo aplicá-las no momento certo durante a rotina de trabalho.

Nesse sentido, apenas dar acesso a cursos e treinamentos para os colaboradores não é suficiente. Isso porque, a retenção do aprendizado acontece por meio de um padrão específico.

Sendo assim, é fundamental compreender como esse processo acontece, para só depois definir – estrategicamente – quais são os melhores caminhos para capacitar os profissionais.

As 6 etapas da retenção de aprendizado 

De forma objetiva, o aprendizado ocorre em 6 etapas. Vamos conhecê-las agora:

1.    Aquisição

Na primeira etapa deve acontecer a aquisição memorável de um momento pelo aprendiz. Isso pode acontecer através de sons, emoções, sensações, visualização ou toque de um objeto, dentre outros.

Isso é necessário para que o processo nos sistemas neuronais que se ligam a memória sejam despertados.

2.    Seleção

Na segunda etapa ocorre a seleção dos eventos vivenciados. É uma espécie de separação dos acontecimentos por importância, feita automaticamente.

3.    Consolidação

Na sequência, haverá a terceira etapa que é a consolidação dos acontecimentos mais significativos.

Essas memórias serão retidas de maneira permanente ou por mais tempo, a depender da importância que os sistemas neuronais dão aos eventos selecionados.

4.    Lembrança

 Na quarta etapa, ocorre um processo conhecido como evocação, que nada mais é que acessar as informações que estão gravadas na memória.

Trata-se de lembrar de alguma informação, imagem, som, cheiro ou quaisquer elementos que tenham sido armazenados na memória.

5.    Retenção

 A retenção, representada pela quinta etapa, corresponde às informações consolidadas e que de fato estão disponíveis para serem lembradas.

6.    Esquecimento

Na última etapa está o esquecimento. Ele faz parte do processo de retenção de aprendizado, porque dispensa os demais eventos que foram tidos como pouco relevantes.

É também nesta etapa que, à medida que os conhecimentos vão sendo acessados – repetidamente – a memória compreende que tais eventos não devem ser esquecidos.

Conforme vimos até aqui, para o aprendizado acontecer eficientemente, as atividades e conteúdos com a finalidade de transmitir conhecimento precisam ser significativas para o aprendiz.

Desafios da aprendizagem corporativa

Se por um lado o mercado demanda pessoas bem treinadas, por outro as empresas precisam encontrar meios para atender essa necessidade de forma assertiva.

De fato, o ensino para profissionais adultos têm seus próprios desafios e geram dúvidas:

·         Como propor treinamentos para times com rotinas tão atarefadas?

·         Como despertar o interesse dos colaboradores para o aprendizado?

·         Como conquistar o engajamento das equipes?

·  Que tipo de treinamento é capaz de contribuir para retenção do aprendizado?

Não há uma resposta específica e nem fórmula pronta, pois cada empresa tem sua própria cultura e estilo de trabalho.

Contudo, podemos afirmar que não será com modelos antigos de aprendizado. Aulas expositivas e com participação passiva dos aprendizes não surtem mais efeitos satisfatórios.

O ideal é contar com metodologias atualizadas como a gamificação, que é comprovadamente eficaz na retenção de aprendizado. Falaremos mais sobre isso no próximo tópico.

Retenção do aprendizado e gamificação

A gamificação faz uso de jogos como ferramenta para apresentar conteúdos e promover o aprendizado. Dessa forma, tanto as dinâmicas quanto os assuntos tratados dentro do game são levadas em conta.

É uma das metodologias ativas de treinamento que mais atrai interesse e engajamento das pessoas. A aplicabilidade estratégica garante benefícios que outros métodos de aprendizado e treinamento não conseguem. Confira alguns:

Retenção de aprendizado na memória

Conforme mencionamos anteriormente, a aquisição memorável de novos conhecimentos despertam alguns sentidos. Nesse contexto, os jogos são capazes de promover estímulos variados, dentre eles, o visual e o tato.

Desse modo, a gamificação é capaz de ajudar na retenção de aprendizado, fazendo com que os conteúdos se fixem na memória e sejam mais facilmente lembrados depois.

Aprendizado prazeroso

Atividades destinadas ao aprendizado são frequentemente associadas a alguma obrigação. Entretanto, a gamificação muda esse cenário, uma vez que propõe atividades lúdicas, divertidas e prazerosas.

Tanto a transmissão do conhecimento quanto a absorção pelos aprendizes são mais eficazes.

Trabalho em equipe sem perder a autonomia

A gamificação é pensada para que cada participante possa ser protagonista do seu próprio processo de aprendizagem. Isso estimula a autonomia e aprimora o senso de responsabilidade por suas ações.

No entanto, grande parte das dinâmicas envolverá o trabalho em equipe, de modo que cada um contribui individualmente, mas as soluções são encontradas em grupo.

Aprendizado como vantagem competitiva

Na década passada, o termo vantagem competitiva se concentrava na qualidade dos produtos e serviços e em seus respectivos preços. Mas, as transformações no mercado que aconteceram nos últimos tempos evidenciam que o “ativo intelectual” é o que se sobressai agora.

Sendo assim, o diferencial competitivo atual está ligado à qualidade do conhecimento dos colaboradores, independente da hierarquia. Portanto, não basta que haja diplomas e certificações sem que tal aprendizado realmente tenha sido retido.

Com isso, investir no treinamento e capacitação dos colaboradores é uma ação estratégica que contribuirá para que a empresa eleve sua competitividade no mercado – e melhore a performance de todo o negócio.

Aprendizagem organizacional

A aprendizagem organizacional se dá dentro ou fora da empresa, de maneira direta ou indireta, porém de forma constante e de acordo com as necessidades do negócio. É uma opção de aprendizado contínuo.

Por meio desse processo é possível aprimorar conhecimentos prévios ou gerar novos, e contribuir para o diferencial competitivo do qual falamos. Isso porque, todo o aprendizado pode ser aplicado a favor das metas da organização.

Sendo assim, a empresa pode investir em treinamentos periódicos com o intuito de manter o desenvolvimento contínuo dos funcionários. A gamificação é uma abordagem versátil, customizável e que pode ser aplicada a diferentes níveis de conhecimento.

Desse modo, desde os estagiários até a alta gestão é possível usufruir dos benefícios dessa ferramenta e obter excelentes resultados na retenção do aprendizado. Para isso, conte conosco para auxiliar na elaboração de um projeto específico para a sua organização.Conheça a AREA67, somos uma empresa especialista em treinamentos gamificados, presente na Europa, América Latina e atuantes no Norte da América com vasta experiência em elevar a performance de equipes dos mais variados nichos de negócios.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pesquisar

Últimos Posts

Receba Updates Gratuitos

INOVAÇÃO • GAMIFICAÇÃO • TENDÊNCIAS
plugins premium WordPress